Minha lista de blogs

quarta-feira, 11 de maio de 2016

DOCUMENTOS DE LEGALIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO CONDADO DE YORK

PARA AMPLIAR É SÓ CLICAR NA FOTO
                      O loteamento Condado de York foi um empreendimento construído pela Kroy Construções e Imóveis  Ltda. controlada pelo Sr. Dr Augusto Campos. Está situado na Estrada dos Bandeirantes, 24333 - Vargem Grande - Bem em frente à Estrada do Sacarrão no centro do Bairro.
                      O empreendimento foi totalmente legalizado em conformidade com as normas vigentes na época de sua construção. Esse mérito devemos ao Dr. Augusto Campos que cumpriu rigorosamente todas as exigências da prefeitura conforme se pode constatar pelos documentos aqui postados. Essas exigências determinaram áreas de doação à cidade, vias públicas, praças e jardins. Conforme determina a lei, alguns lotes foram reservados (não podiam ser comercializados) até o cumprimento de todas as exigências para seu aceitamento final. 
                      Em 28 de Fevereiro de 1993, a prefeitura declarou que todos os requisitos foram atendidos de acordo com a lei municipal e liberou os lotes até então vinculados como garantia (vide documento de aceitação abaixo).
                      O caso do York foi uma exceção, pois nenhum outro loteador se dispunha a cumprir as exigências, optando por lotear clandestinamente, sem doar áreas para o município. Isso tornou as praças e áreas destinadas a jardins do loteamento York visadas para instalação de equipamentos públicos, como hospitais, creches, escolas, quadras poliesportivas, etc. para atender os moradores da região. 
                      Os moradores mais recentes não sabem o quanto lutamos para impedir isto. 
                      A Fundação Xuxa Meneguel, com autorização do então prefeito Luiz Paulo Conde e  apoio de vereadores, mandou uma equipe com caminhões e trator para implantar um canteiro de obras no local hoje conhecido como Jardim das Garças. Ali pretendiam construir um asilo. Eu pessoalmente impedi o trator de descer do caminhão. O Dr. Augusto deve estar lembrado pois estivemos juntos na subprefeitura para barrar este absurdo. 
                     A aprovação do loteamento data de 27.07.1982, conforme o processo número 06/309684-81. De forma que todas as ruas, praças, jardins e calçadas (passeio público), num total de 56 mil metros quadrados, passaram ao domínio público. Qualquer pessoa tem o direito de usufruí-los, tanto quanto os moradores. Este documento está na prefeitura, assinado pelo Dr, Augusto Campos e aprovado pela Secretaria de Urbanismo em 1982. A Rua Mário Lisboa de Carvalho, que é a principal tem CEP exclusivo cujo número é 22.785-595. Esta entronca em seu início com a Estrada dos Bandeirantes e no final com a Estrada Vereador Alceu de Carvalho, que é a mesma que passa pelo Shopping Recreio e Loteamento Maramar indo até a praia. 







DOCUMENTO DE ACEITAÇÃO





ESCLARECIMENTOS IMPORTANTES 
O nome Loteamento Condado de York é apenas de fantasia e foi dado ao empreendimento quando da sua implantação. A partir do momento em que a prefeitura considerou que todas as exigências da lei foram cumpridas ela deu nome as ruas e estas passaram a ser simplesmente logradouros públicos que fazem parte do conjunto de ruas do Bairro Vargem Grande. Também as praças e jardins, que ainda tem nomes de fantasia, pertencem ao mesmo conjunto de áreas públicas do bairro. Isto é um fato irreversível.
Muitas pessoas ficam contra mim apenas porque falo a verdade sobre os fatos que conheço. Sou totalmente a favor de termos uma Associação de Moradores porque sei da precariedade dos atendimentos tanto da segurança pública como da manutenção das ruas, praças e jardins. Tanto assim é que, mesmo não sendo sócio, contribuo mensalmente com as taxas da mesma. 
Até hoje só participei de uma reunião, a convite do Dr. Augusto, no restaurante Skunna dia 04.05.2016 às 19,30 hs. Na ocasião pude observar que muitos moradores a consideram que a Kroy ainda é loteadora e ficam fazendo cobranças, muitas delas sem nenhum sentido. 
Vamos ser realistas. A ex loteadora já cumpriu todas as suas obrigações e se faz alguma concessão é por pura gentileza da parte de seu proprietário. 
O QUE PODEMOS PEDIR À KLOY?
A Kroy tem os mesmos direitos e deveres dos demais proprietários de lotes. A diferença é que ela é proprietária de muitos lotes que ainda não vendeu e por isso pode influir no futuro do York com os empreendimentos que certamente fará em seus lotes. Podemos pedir que mantenha sempre limpos seus lotes e quando fizer algum empreendimento nos mesmos o faça de forma a garantir um futuro sem "espigões" como está ocorrendo no Recreio dos Bandeirantes, especialmente no local denominado Lagoa Bonita que antes só havia casas e que agora estão sendo demolidas e dando lugar a espigões. Lembro aos moradores que o York e a Capitão Pedro Afonso estão sendo visadas por grandes construtoras, especialmente porque são os únicos locais totalmente legalizados, condição indispensável para qualquer empreendimento. 
Nicéas Romeo Zanchett 

terça-feira, 10 de maio de 2016

BREVEMENTE TEREMOS UM NOVO ACESSO PARA O RECREIO

A Rua Mário Lisboa de Carvalho inicia-se na Estrada dos Bandeirantes - onde está a guarita - e termina na Estrada Vereador Alceu de Carvalho no final, onde hoje existe um muro.
Foto do muro nos "fundos" do York.

CLIQUE NA PLANTA PARA AMPLIÁ-LA 

Esta é a planta que eu fiz e entreguei ao então Prefeito César Maia.



Como todos sabem A Vereador Alceu de Carvalho inicia-se no Maramar - Shopping Recreio - e termina na Estrada dos Bandeirantes próximo à Igreja São Sebastião - na Ponte, perto da Clínica Nilclin.
.
PARA AMPLIAR É SÓ CLICAR NA FOTO 
Esta ponte provisória foi feita pelos moradores da Comunidade Beira Rio
Fica no Local onde será construída a nova PONTE PRETA.
.
Esta quadra é exatamente o local onde será reconstruída a Ponte Preta 
.
A Ponte Preta será construída aqui.- bem em frente à Comunidade Beira Rio.
.
Este é o local exato da antiga Ponte Preta. 
.
Esta é a Rio Morto = Início = Bem em frente à Comunidade Beira Rio. 
.

Aqui será a  Nova Ponte Preta - Esta obra de dragagem já está em faze de conclusão e o local já está aterrado para futuramente receber a nova ponte.
Este é o Platô que permitira a construção da Nova Ponte Preta. 
.
Este é o Rio Morto - Visto a partir da Vereador de Carvalho. 

CEDAE - ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO

Esta é a Estação de Tratamento de Esgoto da CEDAE - Vargem Grande.
Fica na Vereador Alceu de Carvalho, mas seu acesso se dá pela Capitão Pedro Afonso - Final. - A rua já está asfaltada até a quadra onde será construída a Nova Ponte Preta que irá fazer a ligação com a Vereador Alceu de Carvalho do outro lado do Rio Morto.

A ESTRADA DO RIO MORTO inicia-se em frente à comunidade Beira Rio e termina na Estrada dos Bandeirantes.              Onde atualmente existe uma pequena quadra de futebol da comunidade existia uma ponte chamada PONTE PRETA; Os veículos vinham pela Vereador Alceu de Carvalho e então passavam pela ponte e chegavam à Bandeirante pela Capitão Pedro Afonso. 
A ponte era construída de madeira e foi levada por uma grande enchente. A prefeitura nunca a reconstruiu. Dessa forma os moradores da Vargem Grande, para acessar a Bandeirantes, foram obrigados a utilizar a Rio Morto e esta situação perdura até hoje.
-----
Na última gestão de César Maia estive com ele em seu gabinete e revindiquei a reconstrução daquela ponte para desafogar a Rio Morto que ficava lotada nos finais de semana. Ele enviou engenheiros urbanistas da Prefeitura e juntos estivemos no local discutindo o assunto. Posteriormente foi feito o projeto e cálculos estruturais, mas parou por aí. Aproximava-se as eleições e todas as atenções estavam voltadas para a Cidade da Música - hoje Cidade das Artes. 
-------
O tempo passou e continuamos utilizando a Rio Morto para chegar à Bandeirantes. Agora não dá mais para esperar e, sem dúvidas a ponte será finalmente reconstruída. Isso quer dizer que brevemente a principal entrada da Rua Mário Lisboa de Carvalho será pela Vereador Alceu de Carvalho - que hoje é considerado o final do loteamento Condado de York.
.
.
É evidente que ninguém vai preferir dar uma grande volta pela Rio Morto se poderá sair da Mário Lisboa de Carvalho diretamente para a  Vereador Alceu de Carvalho.
Nicéas Romeo Zanchett 

VEJA ESTAS PLANTAS OFICIAIS
(Para ampliar, clique na foto -planta-. 

O espaço pintado de amarelo é onde está situado o Condado de York.
A rua assinalada de vermelho é a Estrada Vereador de Carvalho que passa no atual "fundo" do York, que algumas pessoas da associação exigiram que fosse murada pela Kroy.
Para ampliar clique na foto. 

 Ali havia um portão de ferro que não barrava as águas de chuvas; agora, em dia de intensas precipitações pluviais funciona como uma espécie de DIQUE que impede o escoamento das águas para o Rio.

VEJA A PLANTA ABAIXO QUE ESTÁ AMPLIADA






CARTA CIRCULAR QUE ENVIEI AOS MORADORES 
.A carta abaixo foi enviado aos moradores em 27 de março de 2004.
É interessante, principalmente para os moradores dos logradouros públicos do antigo Loteamento York que naquela época não moravam aqui. 




.

...===

Observei que existe a intenção de transformar as ruas 4 e 5 em estacionamento para beneficiar o Grupamento Habitacional - YORK PRIME - situado em frente ao jardim conhecido como Praça das Garças. 
Isso nunca vai acontecer porque logradouro público não pode ser transformado em estacionamento.

Todos nós sabemos que a maioria dos futuros moradores não irão estacionar seus carros na área interna do Condomínio Prime. Geralmente uma família tem mais do que um ou dois carros; como não tem espaço vão deixar os carros na Rua.
Quando algumas famílias resolverem convidar amigos para uma simples visita ou uma festa no final de semana, imaginem onde irão estacionar. Evidentemente que será na rua Mário Lisboa de Carvalho que só tem 6 m de largura.
É por essa e outas razões que insisti para que fossem construídos prédios sob pilotis e não casas. Assim as pessoas sempre estacionariam na garagem dos edifícios protegidos do sol e da chuva. 




Veja o que está escrito na ata.
.
.
É preciso que as pessoas se conscientizem que que os logradouros públicos do "Ex Loteamento York" fazem parte da planta oficial do Município e não podem ser mudados. 
Quando falo "Ex Loteamento" é porque, a partir do momento em que a prefeitura dá nome às ruas elas passam a ser logradouros públicos e o loteamento, que foi aceito legalmente pela Prefeitura, deixa de ter sua finalidade uma vez que já cumpriu todas as exigências da lei. Também o chamado Loteador KROY  deixa de ser loteador e passa a ser apenas proprietário dos lotes remanescentes. 
A partir do momento em que a Prefeitura dá como aceite as obras de urbanização o loteador só tem responsabilidade com os lotes que continuam de sua propriedade. O aceite se deu em 28 de Fevereiro de 1991. Portanto não existe mais a figura de LOTEADOR, mas sim de uma empresa chamada KROY que é proprietária de inúmeros lotes remanescentes.
Veja documento abaixo.




JARDIM DAS GARÇAS

O NOME JARDIM DAS GARÇAS
Este nome foi dado pelos moradores.
Este jardim é público e faz parte da planta urbanística da Vargem Grande.
Aqui postarei as fotos antigas e novas que contarão sua verdadeira história. O início de sua construção se deu em 1993 quando, por um acordo com o Dr. Austo Campos me comprometi em cuidar da sua construção e urbanização. 
A KROY, providenciou a construção do muro que divide o limite com o Grupamento Residencial - nos fundos - que tem frente para a Rua Manhuaçu - Rua do posto de gasolina.
Eu iniciei o trabalho aterrando partes mais baixas e nivelando com trator e motoniveladora (Patrol). Depois mandei meus empregados acertarem todo o terreno com enxada e ancinho. Em seguida providenciei a semeadura de grama forquilha, cujas semente vieram de uma chácara de São Pauto.

Para iniciar o plantio de mudas fui até o canteiro do "Parques e Jardins" e conversei com alguns técnicos agrônomos para ter maiores informações. Optei por plantar mudas de árvores frutíferas oriundas da "Mata Atlântica" local. E assim foi iniciado o trabalho de arborização.
As pessoas que hoje veem esta pequena ilha de árvores nem imaginam como ela é importante para os animais silvestres que, com a urbanização das Vargens, perdem diariamente seu habitat natural.

Procurei plantar espécies bem diversificadas, de forma que haja frutos para os animais silvestres ao longo de todo o ano. Como disse na reunião do dia 04 de maio de 2016 no SKUNNA, não fiz isso pensando apenas nos futuros moradores, mas principalmente nos animais silvestres.
A natureza é a paixão da minha vida. Fui criado em fazenda -Santa Catarina- e desde criança aprendi amar incondicionalmente os animais e as plantas. Muitos estranham ao me ver podando árvores, cortando a grama e cuidando dos animaizinhos, É que mantenho meus hábitos adquiridos na roça. Levanto por volta de 5 horas e vou dormir às 20 horas -8 da noite). Em outras palavras: durmo com as galinhas e acordo com o galo.
Desde que comecei a trabalhar como construtor já plantei mais de 1000 árvores nesta cidade.
Imaginem se cada habitante da terra plantasse uma única árvore.
Nicéas Romeo Zanchett 



Arvores nativas da Mata Atlântica. 
Plantadas há mais de 23 anos. 

 Porquinhos da Índia.
Patinhos selvagens.
Eles vão e voltam - são aves migratórias.
 Esquilo 

Tucano

Jacu 




Este era um pé de cajá-manga - Foi destruído pelos carneiros que foram colocados neste jardim quando a associação assumiu a manutenção.
Depois que me devolveram a manutenção eu já plantei outro. Tive de replantar cerca de 20 árvores que foram destruídas pelos tais carneiros. Eles comeram a casca das árvores e as mataram. Não houve maldade na iniciativa de usar carneiros para aparar a grama, foi apenas falta de experiência.

O que mais lamentei foi este pé de Fruta-pão - foto acima - que estava com mais de 8 ms de altura. Já o replantei.


Nicéas Romeo Zanchett